Quedas do Iguaçu: Novos assentamentos receberão nome de militantes mortos

PUBLICIDADE

As duas fazendas de Quedas do Iguaçu que serão transformadas em assentamento receberão os nomes dos dois militantes do MST mortos no dia 7 de abril.

Os dois pré-assentamentos serão batizados de Vilmar Bordin e Leonir Orback. O anúncio foi feito hoje (16) durante reunião em Quedas do Iguaçu em que o Incra recebeu, oficialmente, a posse das áreas.

No dia 31 de março a Justiça Federal de Cascavel deferiu dois de três pedidos do Incra para imissão de posse de áreas públicas indevidamente ocupadas por particulares.

A Fazenda Dona Hilda (de 2.046 hectares) será o Assentamento Vilmar Bordin e a Três Elos (1.675 hectares) terá o nome de Assentamento Leonir Orback. O secretário de Estado para Assuntos Fundiários escreveu em seu perfil social que esta decisão judicial deve acalmar os ânimos em Quedas do Iguaçu.

Também participaram da reunião o superintendente do Incra no Paraná, Nilton Bezerra, e o vereador de Cascavel, Paulo Porto (PCdoB), além das famílias acampadas na região.

Ao todo, serão cerca de 3,7 hectares que devem assentar de 300 a 350 famílias.

 

Fotos da reunião de hoje em Quedas do Iguaçu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *