Gleisi Hoffmann defende mudanças no pagamento do salário-maternidade

PUBLICIDADE

 

Da Agência Senado

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) falou ontem (19) em Plenário sobre o projeto de lei apresentado por ela que modifica a forma de pagamento de salário-maternidade às empregadas de micro e pequenas empresas.

O texto estabelece que, diferente do que ocorre nas grandes empresas, que adiantam à trabalhadora o salário-maternidade e depois são ressarcidas pela Previdência Social, as micro e pequenas empresas não terão que adiantar nada, ficando o pagamento diretamente a cargo do INSS.

Gleisi explica porque sugeriu esse tratamento diferenciado às micro e pequenas empresas:

“Primeiro o efeito perverso na micro e pequena empresa, que acaba tendo dificuldades financeiras, não tem capital de giro e muitas dessas empresas, por esse impacto, acabam tendo prejuízo e até fechando. O segundo impacto é em relação às mulheres, ou seja, as micro e pequenas empresas são as maiores empregadoras deste país e, como elas têm essa dificuldade, o que acontece é que nós temos uma grande discriminação de gênero em relação às mulheres em idade fértil para contratação de mão de obra”.

Agência Senado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *