29 de abril: Região oeste participa em peso de atos em Curitiba

PUBLICIDADE

 

Um grande grupo de professores e servidores da região oeste do Paraná participa hoje (29) dos atos que relembram o ataque de 29 de abril, orquestrado pelo então secretário de Segurança, Fernando Francischini.

Alunos da rede estadual foram dispensados da Regional de Cascavel sete ônibus saíram rumo à Curitiba. Em Corbélia, praticamente 100% dos professores estão mobilizados. Ao todo, a APP enviou 70 ônibus de todo o Paraná.

O diretor de comunicação da APP, Daniel Matoso, está em Curitiba e afirma que o cenário por lá é bem diferente de um ano atrás.

“Tem poucos policiais e o clima está bastante pacífico. Todo mundo com bandeiras e sem incidentes”.

Segundo o blog do Esmael Morais, a manifestação tem três locais de concentração. O primeiro na Praça Santos Andrade, para onde irão os professores e demais servidores públicos estaduais. O segundo é a Praça Rui Barbosa, para onde seguem o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), as Centrais Sindicais e demais movimentos sociais. O terceiro local é a Secretaria da Fazenda do Estado (Sefa), na Avenida Vicente Machado, onde irão se concentrar servidores estaduais da Saúde.

Cada uma das concentrações sairá em passeata e todos devem se encontrar nas imediações da Praça Tiradentes, seguindo para a Praça 19 de Dezembro, onde haverá uma parada com falas das lideranças dos movimentos. Em seguida os manifestantes seguem para o Centro Cívico, palco do massacre promovido por Richa em 2015. Lá haverá o almoço comunitário e o ato principal com os shows da Banda Detonautas Roque Clube e Pereira da Viola.

Acompanhe ao vivo a marcha dos manifestantes até o Centro Cívico de Curitiba.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *