Contra Cunha e por melhores condições motoristas de ônibus vão parar no dia 16

PUBLICIDADE

Os motoristas de ônibus do transporte público de Cascavel vão cruzar os braços na próxima quarta-feira (16).

Em uma carta enviada à imprensa da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logísticas o Sinttracovel (Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Público de Cascavel) anunciam a adesão a uma mobilização nacional por melhores condições de trabalho e também em defesa da democracia no Brasil.

A carta pede mais segurança a motoristas, cobradores, agentes de bordos e cidadãos que utilizam os transportes urbanos, suburbanos e intermunicipais.

Outro ponto que estará em pauta em nossa paralisação é a garantia do emprego do cobrador e do despachante, a luta pelo fim da Dupla Função.

“Várias cidades do país estão aprovando leis, incluindo em licitações, pois a prática provou que só quem ganha com a Dupla Função são os empresários, todos os outros perdem”, cita a carta.

O documento diz ainda que o terceiro e grande eixo de paralisação é a defesa intransigente da Democracia e
dos Direitos dos trabalhadores e chamam o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, de “maior bandido” do Brasil.

“Somos contra a tentativa de golpe que o maior bandido deste país Eduardo Cunha com seus comparsas querem dar na presidenta Dilma, não temos nenhuma ilusão de que o que eles querem é retirar conquistas dos trabalhadores
conseguidas com muito suor e luta, eles querem botar as mãos na Petrobrás e entregar o pré sal ao capital internacional, eles querem destruir o projeto dos trabalhadores e impor suas algemas e mordaças a maioria do povo brasileiro”.

O protesto começa meia noite e termina às 9h do dia 16 de dezembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *